Vista Panorâmica de Auvers (1874)

Paul Cézanne (1839-1906)


Óleo sobre tela – 65 cm x 81 cm
Instituto de Arte de Chicago
Chicago, Estados Unidos


            Assim que chegou a Paris, Cézanne conheceu Camille Pissarro, e os dois logo se tornaram amigos. Graça a essa amizade, Cézanne se interessou pela temática da paisagem, desenvolvendo inicialmente uma técnica mais ou menos impressionista. Foi assim que nasceu esta Vista Panorâmica de Auvers, na qual o pintor se dedicou mais à construção organizada das casas que o estudo de luz – um anúncio do que seria posteriormente sua forma de trabalhar. Além das cores, empregadas com excepcional maestria, as rápidas pinceladas, que às vezes cedem lugar à espátula, caracterizam toda a sua obra. No início da década de 1870, Cézanne estabeleceu uma relação direta com Delacroix, uma de suas primeiras referências pictóricas. Pouco a pouco, porém abandonou todo o romantismo do amigo, até dar o primeiro passo rumo a uma nova estética, que antecipava o cubismo, como se vê em As Grandes Banhistas.  

Postagens mais visitadas deste blog

De um lado cantava o sol - Cecília Meireles

Vermeer e os impressionistas

Depois do sol...