Cordel Natalino

Você irmão ou irmã
Do sertão ao litoral,
Falarei sobre um assunto
Por demais especial.
Nesse advento de luz,
A estrela é Jesus,
E o assunto é o NATAL.



Não importa qual o dia
Que um menino nasceu.
O que importa é que ele existe,
Morreu e reviveu.
De todos é o Salvador,
Só ele é Cristo o Senhor,
O único filho de Deus.



Esse menino Jesus
Nasceu em Belém da Judeia
Seu berço: uma manjedoura
Sua praia: a Galileia.
Sua vida: um belo exemplo,
Dentro e fora do templo,
Segui-lo: uma boa ideia.



Mas o Natal não é somente
Consumismo e comilança,
Bebedice e turismo,
Festividades ou dança.
Jesus aqui bem diria,
Natal é muita alegria,
Vida nova e esperança.



É momento de reflexão,
De mudança de atitude.
De ajudar o nosso irmão,
De semear a virtude.
É momento de louvor,
De cultivar o amor,
Em toda a sua plenitude.



Natal é nascimento
Da pessoa mais querida,
Da pregação da justiça,
Da paz e da acolhida.
A estrela é o sinal,
Mas a essência do Natal,
É Jesus o REI da vida.



E nesse espírito natalino
O poeta vai embora,
Mas deixa a sua mensagem
Correndo pelo mundo afora.
Aqui um ponto final,
Pra você, FELIZ NATAL,
Voltarei a qualquer hora.



Postagens mais visitadas deste blog

De um lado cantava o sol - Cecília Meireles

Vermeer e os impressionistas

Depois do sol...